quinta-feira, 17 de junho de 2010


"...Viver é expandir , é iluminar. Viver é derrubar barreiras entre os homens e o mundo. Compreender. Saber que muitas vezes, nossa jaula somo nós mesmos,que vivendo polindo nossas grades, ao invés de nos libertar-mos delas.
Procuro descobrir nos outros sua dimensão universal, única. Sou coletivo. Tenho o mundo dentro de mim. Um profundo respeito humano. Um enorme respeito à vida. Acredito nos homens , até nos vigaristas. Procuro desenvolver um sentido de identificação com o resto da humanidade. Não devemos nadar em piscina se temos uma mar à frente.Por respeito a cada ser humano em todos os cantos da terra, e por gostar de gente-gostar de gostar-é que encontro em cada indivíduo o reflexo do Universo.
As pessoas chamam de amor ao amor próprio. Chama de amor ao sexo.Chamam de amor uma porção de coisas que não são amor.Enquanto a humanidade não definir o amor, enquanto não perceber que o amor é algo que independe da posse, do egocentrismo, da planificação, do medo de perder, da necessidade de ser correspondido, o amor não será amor.
A gente só o que faz aos outros. Somos consequência desta ação. Não fazer me deixa extenuado.
Talvez a coisa mais importante da vida seja não vencer na vida, não se realizar.
O homem deve viver se realizando.
O realizado botou ponto final.
Não podemos viver, permanentemente, grandes momentos. Mas podemos cultivar sua expectativa. Acredito em milagre,Nada mais miraculoso que a realidade de cada instante. Acredito no sobrenatural. O sobrenatural seria o natural mal explicado, se o natural tivesse explicação.
Enquanto o homem não marcar um encontro consigo mesmo, verá o mundo com um prisma deformado. E construirá um mundo onde a lua terá prioridade
Um mundo mais lua , que luar."

Este texto é do Pedro Bloch.
Saiu, se me lembro,correto, em uma revista manchete de quase meio século atrás. Eu o tinha guardado comigo por muitos anos.Mas um dia ele sumiu,e ontem o encontrei. Li e reli tantas vezes que decorei. Usei muito para o meu crescimento pessoal. Pois é de uma época, que eu não tinha muitas coisas pra ler ao meu alcance. Por isto resolvi dividir com vocês.

21 comentários:

  1. Edna,que bom que guardou esse texto para compartilhar agora conosco!Maravilhosa e profunda lição de vida!Amei!Bjs,

    ResponderExcluir
  2. Lindo mesmo ese texto de Pedro Bloch! Sábio!beijos,chica

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto,de profunda refexão.Que bom poder ler aqui.Obrigada amiga e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  4. Passei por cá para conhecer seu blog ,gostei muito virei mais vezes se me permitir Parabens Bj

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo, Edna. Eu agradeço de coração por ter compartilhado comigo texto tão tocante, inteligente e importante como ingrediente de bem viver. Beijos

    Você foi citada no meu blog

    ResponderExcluir
  6. Edna querida, embora eu conheça muito pouco você, senti hoje que o Pai vai olhar mais diretamente para ti e vc será sim feliz !!!!!

    Bjs do ZC

    ResponderExcluir
  7. Palavras profundas e certas.Porque enquanto o homem não buscar nele mesmo o refúgio de sua própria alma ele nunca terá o equilibrio da vida.

    Muito bom amiga e obrigada por está comigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Meu Deus! Que maravilha....
    Li várias vezes... amei!

    Nossa, menina... muito obrigada por esse presente!

    Um abraço apertado, querida amiga Edna.

    ResponderExcluir
  9. MANCHETE.ACHO QUE E DAQUELE NOSSO TEMPO...NA VERDADE,NAQUELE TEMPO,SE VIVIA TANNNTO,QUE POUCO TEMPO SOBRAVA PARA TEXTOS LINDOS COMO ESSE.AFINAL NOSSA VIDA,A VIVIAMOS INTENSAMENTE E ERA MAIS LINDA QUE QUALQUER TEXTO!!!SAUDADES!!!BJIM

    ResponderExcluir
  10. LINDOOOOOOOOOOOOOOO voce é maravilhosa amiga,sinto saudades.bjo da rai vice rs

    ResponderExcluir
  11. Oi Edna, como foi o seu final de semana? Passou melhor como eu havia previsto?

    Uma semana maravilhosa.... beijão do ZC

    ResponderExcluir
  12. Edna querida!!

    Vim desejar uma ótima semana!!

    beijos no coração!

    ResponderExcluir
  13. amei o texto.edna voce é tudo de bommmm , te amo de montao bjao pra julinha da tia rai...rs

    ResponderExcluir
  14. ...viver é magia. Viver é fazer amigos; viver é sentir a presença de quem vc ama sempre ao seu lado. É isso aí amiga, seu texto é cheio de verdades e de grande sensibilidade.

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Bom diaaaa!!!

    Vim trazer-lhe meu abraço.

    ResponderExcluir
  16. Amei a fatia que a mim coube,amada amiga Edna,de ensinamentos esses,de excolega mio,na bloch editores (MANCHETE),um dia de domingo como se fosse,me proporcionastes!
    a brisa du le vent,face tua me mostrou,como se o sol fosses e io ,girassole tuo te mirando!affmaria quando amadas amigas me enternecem e a vida saúdam,poeta viro yessssssssssssssssssss

    viva la vida!

    ResponderExcluir
  17. Com poderia eu imaginar, que um texto de uma época, que computador internet ainda era um sonho, pudesse evoluir, e eu também .
    Que um texto, num diário eletrônico rendesse tantos comentários gentis e afetuosos.
    Meu coração sorriu muito. Que viagem! Obrigada. E beijos a todos. Edna Campos

    ResponderExcluir
  18. minha linda Edna você é uma alegria só.rai ama tu deamais rs

    ResponderExcluir
  19. Como vai? Conhecia, é lindo! uma boa tarde para você. Bjos

    ResponderExcluir
  20. Amiga, que texto! Nos leva a refletir sobre a essência da vida. E, mais uma vez, você mostra sua sensibilidade e amor ao próximo!!!Que potencial!!! Como a internet revela seu talento. Vá em frente...

    ResponderExcluir

"Durante nossa vida conhecemos pessoas que vem e ficam.
Outras que vem e passam.
Existem aquelas que vem, ficam e depois se vão.
Mas existem aquelas que vem e se vão com uma enorme vontade ficar."
Charles Chaplin.
Obrigada pelo seu comentário. Bjs.