sexta-feira, 15 de julho de 2011

O amor antigo


" O amor antigo vive de si mesmo,
não de cultivo alheio ou de presença.
Nada exige, nem pede.Nada espera,
mas do destino vão nega a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,
feitas de sofrimento e de beleza.
Por aquelas mergulha no infinito,
e por estas suplanta a natureza.

Se em toda a parte o tempo desmorona,
aquilo que foi grande e deslumbrante,
o antigo amor porém nunca fenece
e a cada dia surge mais amante.

Mais ardente, mais pobre de esperança.
Mais triste? Não. Ele venceu a dor,
e resplandece no seu canto obscuro,
tanto mais velho,quanto mais amor."

Carlos Drumond de Andrade.

Edna Campos.

8 comentários:

  1. Edna, que lindo "O Amor Antigo"!!
    Carlos Drummond de Andrade, um ás em poesias, crônicas e contos, amo lê-lo.

    Linda escolha essa sua.

    Um beijo com carinho.
    Tenha um delicioso final de semana.

    ResponderExcluir
  2. Lindissimo amiga! o blog da lindo rs!bjos!

    ResponderExcluir
  3. Com o carinho de sempre venho
    desejar um feliz Domingo.
    E hoje pedir a você se tiver um
    tempinho deixar sua solidariedade.
    A um amigo poeta que no momento
    passa por um momento dificil.
    E tenho um carinho muito grande
    por ele embora nunca tenha homenageado
    ele no meu blog.
    Mais não devemos nos silenciar
    quando um pessoa sofre uma palavra
    ou um frase de carinho pode fazer a diferença.
    Nossa maior virtude é amar o próximo como a ti mesmo.
    Um beijo no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  4. Hoje estou aqui para agradecê-la, obrigada pela sua companhia mesmo qdo estou ausente, é gratificante para mim saber que posso contar com ela, meu muito obrigada Edna, logo falarei o motivo de estar ficando tanto ausente assim, é contra a minha vontade.

    Um gde abraço.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Edna,que lindeza de poema!O amor antigo tem mesmo tudo isso,nunca se acaba, só acrescenta a cada dia!Maravilha de escolha!Bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga

    O tempo faz nascer o amor.
    Amar exige tempo,
    de entender
    o que o nosso coração sente
    em relação ao outro.

    Que os sonhos te envolvam
    a vida, sempre...

    ResponderExcluir
  7. Lindo o Post.Genial a maneira lírica de Drumont ao abordar um amor antigo.Concordo plenamente"O antigo amor porém nunca fenece e a cada dia surge mais amante."
    Adorei amiga. Um forte abraço Eloah

    ResponderExcluir
  8. Sempre Drumond... Vim trazer uma boa tarde para você! Bjos

    ResponderExcluir

"Durante nossa vida conhecemos pessoas que vem e ficam.
Outras que vem e passam.
Existem aquelas que vem, ficam e depois se vão.
Mas existem aquelas que vem e se vão com uma enorme vontade ficar."
Charles Chaplin.
Obrigada pelo seu comentário. Bjs.