segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

PACIÊNCIA


"Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados... Muita gente iria
gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.
Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que
lembram as antigas "trabalhadoras do cais"... E o bem comportado executivo?
O "cavalheiro" se transforma numa "besta selvagem" no trânsito que ele mesmo
ajuda a tumultuar...
Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o
jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido
uma "mala sem alça". Aquela velha amiga uma "alça sem mala", o emprego uma
tortura, a escola uma chatice.
O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.
Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava
demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a
cabeça, inconformado...
Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso e ela deletou sem
sequer ler o título, dizendo que era longo demais.
Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem
tempo para Deus.
A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética
dos calmantes está cada vez mais em alta.
Pergunte para alguém, que você saiba que é "ansioso demais" onde ele quer
chegar?
Qual é a finalidade de sua vida?
Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.
E você?
Onde você quer chegar?
Está correndo tanto para quê?
Por quem?
Seu coração vai agüentar?
Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?
A empresa que você trabalha vai acabar?
As pessoas que você ama vão parar?
Será que você conseguiu ler até aqui?
Respire... Acalme-se...
O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia
vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...

NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...

SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA..."

Paulo Roberto Gaefke

Compro meu calmante ao levar minha neta para dar comida aos patinhos.
Edna Campos.

17 comentários:

  1. Muito lindo e tão certo esse texto.Perdemos por pouca a paciência tantas vezes...beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Querida Edna, as pessoas estão assim conforme a exposição do texto. Há um tempinho, ouvi dois rapazes falando que foram à praia dirigindo numa velocidade acima da permitida por que tinha pressa de chegar, porém, quando chegaram, viram que era muito cedo, então ficaram muito chateados porque não tinham nada para fazer...
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
  3. Oi Edna, as vezes pecamos pela falta de paciencia, depois é pagar o preço.
    Bjs querida e otima semana.

    ResponderExcluir
  4. Edna, se vc descobrir onde se vende paciência, POR FAVOR, me mande o endereço.

    Beijos do seu amigo Zé Carlos

    ResponderExcluir
  5. Quem é mãe sabe bem disso!Estou gastando todas as minhas reservas que nem sabia possuir(rss),mas parece que ela é um poço sem fim!
    Abraço carinhoso e a foto também está simplesmente lindaaa!

    ResponderExcluir
  6. Corretíssimo esse texto, Edna. Se não me engano, há três dias, li algo mais ou menos assim: "o homem moderno hoje tem tantas facilidades, controle remoto para tudo, celular, elevador, avião, carros velozes, enfim, um mundo de tecnologia ao alcance fácil, mas parece cada vez mais sem tempo e sem paciência". Beijão.

    ResponderExcluir
  7. Edna, que belo post!Quanta verdade impressa no texto.Lendo, chego a conclusão que apesar da minha vida ocupadíssima ainda sou capaz de cultivar a serenidade e a paciência.
    Dias ensolarados para você.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  8. O mundo esta muito agitado, as pessoas muito ansiosas e a paciência um artigo raro.
    Somos seres espirituais passando por uma experiência humana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde amiga,
    Venho lhe desejar uma linda semana coberta de muita paz e amor!
    Sua presença é muito importante em meu cantinho, por esta razão veio lhe agradecer o seu carinho de sua amável visita sempre.
    Assim que poder acesse o link
    http://www.mariaalicecerqueira.com/2012/01/degustacao-do-livro-vida-nossa-de-cada.html
    e leia a degustação do meu próximo livro! Vida nossa de cada dia!
    Obrigada de todo o coração!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  10. Querida amiga

    Está em falta também,
    o respeito,
    a solidariedade,
    a esperança...


    Que sempre existam
    sonhos a habitar teu coração.

    ResponderExcluir
  11. Minha querida

    Quanta verdade neste texto, infelizmente as pessoas vivem com pressa e sem tempo para olharem para que está ao lado...é triste mesmo.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  12. Edna, a falta de paciência leva a tantos conflitos, nessa correria de hoje em dia e a ânsia pelo consumismo exagerado tem feito muitas pessoas perderem momentos lindos da vida.
    É encantador o seu momento com sua netinha, aproveite!

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde amiga,
    Venho lhe desejar uma linda semana coberta de muita paz e amor!
    Sua presença é muito importante em meu cantinho, por esta razão veio lhe agradecer o seu carinho de sua amável visita sempre.
    Assim que poder acesse o link
    http://www.mariaalicecerqueira.com/2012/01/degustacao-do-livro-vida-nossa-de-cada.html
    e leia a degustação do meu próximo livro! Vida nossa de cada dia!
    Obrigada de todo o coração!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  14. Edna,um texto simplesmente genial!A cada dia percebo maior ansiedade nos homens e precisamos tanto dessa paciencia!Linda msg!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  15. Olá!Boa noite!
    Texto muito bom!
    A falta de paciência...tão característica,neste mundo moderno!
    Boa semana!
    Abs

    ResponderExcluir

"Durante nossa vida conhecemos pessoas que vem e ficam.
Outras que vem e passam.
Existem aquelas que vem, ficam e depois se vão.
Mas existem aquelas que vem e se vão com uma enorme vontade ficar."
Charles Chaplin.
Obrigada pelo seu comentário. Bjs.